[Resenha] Dias Perfeitos, Raphael Montes

12:00


Oi pessoal, tudo bem? A resenha de hoje é sobre um livro nacional escrito por Raphael Montes, autor carioca conhecido por seus romances policiais e de suspense.

O livro é narrado em primeira pessoa por Téo, um estudante de medicina que mora com a mãe e que nutri um interesse especial no cadáver de uma mulher que considera como sua única amiga. Ele é super introspectivo e anti-social, sendo que um dia é obrigado pela mãe a acompanhá-la numa festa em que  fica sozinho sem conversar com ninguém. É aí que ele conhece Clarice, uma mulher alegre estudante de História da Arte que intriga Téo, causando no mesmo uma obsessão doentia.

 Ao tentar seduzir Clarice, Téo e rejeitado e num impulso a sequestra, iniciando uma sequencia de suspense e horror descritas muito detalhadamente pelo autor, o que em vários momentos me causou sentimentos como raiva, medo e angústia além de uma constante vontade de chorar e gritar de agonia.

Desde o inicio somos incentivados pelo autor a odiar o personagem principal ou pelo menos eu fui,  pois o mesmo em vários momentos se mostra machista e homofóbico e por mais absurdas que sejam as coisas que  faz para ter e ficar com Clarice, tudo é sempre justificado por Téo como atos  e sacrifícios que são para o bem dela e para o "relacionamento" deles, como se todas as suas atitudes horrorosas tivessem sido razoáveis.


Esse foi, definitivamente, o livro mais forte que já li conseguindo me causar até pesadelos e apesar de ter amado a escrita de Raphael Montes, só serei capaz de ler outras obras dele daqui a alguns anos quando me recuperar dessa.

Adquira o livro através deste link.


Siga o blog e acompanhe as redes sociais FacebookTwitterInstagram e Tumblr, obrigada.

You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Curta a fanpage

Instagram Images