O Mito do "Cabelo Bom"

12:12

Oi galera. Estamos no mês de novembro, mês em que o blog completa dois anos, mês em que eu tenho milhões de provas de vestibular e o mês da consciência negra!
Visando o ultimo assunto, resolvi fazer um post relacionado a algumas coisas que vi e ouvi e que me incomodaram a ponto de me fazer escrever isso.
Bem, recentemente, uma colega minha fez tranças box braid em seus cabelos e toda hora ouvia que suas tranças eram dreads o que, sei lá por que, fazia pessoas chegarem a conclusão de que por serem dreads eram algo sujo, perguntavam se ela ainda lavava o cabelo e afirmando que pessoas que usam dread não costumam lavar.


Na primeira foto a garota está usando box braids, que são feitos de canecalon e na segunda foto a garota está usando dreads, que são feitos de lã mas podem ser feitos com o próprio cabelo.Em ambos os casos os cuidados capilares são idênticos a cuidados com o cabelo natural, ou seja, lava-se e seca-se normalmente.
Então, qual o problema com esse penteado afinal? O problema está numa sociedade racista, que não aceita o cabelo crespo, julgando ser algo sujo, ainda chamando de "cabelo ruim". E essa visão trás inúmeros problemas de aceitação social, o que é muito bem comentado no livro "Americanah" da Chimamanda Adiche , cujo livro têm uma  resenha neste blog. Na narrativa, a autora mostra os comentários absurdos que sua personagem central teve de ouvir quando resolver assumir o cabelo natural.

Tá certo que estamos numa época de reflexão e que cada vez mais pessoas têm assumido seus cachos e seu cabelo naturalmente crespo, mas ainda precisamos ultrapassar barreiras e vencer pré-conceitos enraizados socialmente e na maioria das vezes, dentro de nós mesmos.
Se gostou do post não deixe de seguir o blog e as redes sociais, comentar e compartilhar.


You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Curta a fanpage

Instagram Images