[Outubro do Medo] O Orfanato da stra.Peregrine para Crianças Peculiares e o "close errado" de Tim Burton

12:17


Oi galera, o post de hoje é mais um da saga Outubro do Medo, com a resenha de um livro que não é tão assustador assim mas está chamando a atenção de muitas pessoas.
A estória é escrita por Ransom Riggs autor norte-americano que nos apresenta Jacob, um garoto de família rica que cresceu ouvindo o histórias bizarras da infância do avô envolvendo um orfanato para crianças peculiares, acompanhadas de fotos mais bizarras ainda, fazendo com que o garoto questionasse ser tudo aquilo era real ou não.



Jacob, porém, cresce e passa a considerar bobagem tudo o que havia ouvido de seu avô, tentando agora ser apenas um garoto normal que trabalha com os negócios da família e sai com amigos, ou melhor, com seu único amigo Ricky. Tudo parece bem, até que uma horrível tragédia acontece na família do personagem central , fazendo com que o mesmo passe a procurar respostas sobre a infância de seu avô no Orfanato e respostas sobre suas visões e seus  pesadelos que parecem  ser cada vez mais reais. O problema é que por trás dos escombros do  antigo Orfanato existem histórias  e segredos mais profundos que Jacob imaginava.



Confesso que me decepcionei um pouco com o livro, já que esperava algo mais assustador devido as imagens e o mistério inicial, mas percebi ser uma estória meio "clichê"  com jornada do herói e um romance previsível , valendo a pena talvez , apenas pelo mundo criado pelo autor com crianças diferentes que tem   "super-poderes" e etc. Mas essa é apenas a minha opinião e se estiver a fim de ler uma ficção envolvendo mistério essa é uma boa recomendação.

Bem, como todos devem saber  o livro receberá uma versão cinematográfica com o filme "O lar das  com a direção de Tim Burton, fato que levou a um repórter questiona-lo sobre a ausência de personagens negros em seus filmes e o fato de existir apenas um em sua nova criação (Samuel L. Jackson interpretara um dos vilões do filme) . A grande polêmica foi a resposta de Burton que declarou achar a representatividade como "Politicamente correta" dizendo que nunca se importou em assistir em ver filmes "blaxploitation", cujo todos os personagens eram negros e que nunca ficou ofendido com a ausência de personagens brancos.

É claro que isso é uma reprodução do "racismo reverso" que pessoas ainda acreditam existir, um argumento que cairia por terra após algumas aulas de história, pois se você ainda acredita que isso existe saiba que o racismo é um sistema baseado na soberania da etnia branca e que isso é mantido e alimentado todos os dias, com exemplo dos EUA com várias pessoas comuns sendo mortas por policias pelo simples fato de serem negras e serem consideradas uma ameaça por isso. E todos sabemos como representatividade é importante em todos os sentidos, representatividade negra, LGBT, asiática etc são coisas muito importantes que Tim Burton e outras pessoas talvez não consigam entender por sempre serem representadas nos meios de comunicação, afinal, Burton é um homem,branco e hétero e pelo visto não conseguiu sentir o mínimo de empatia por outras pessoas diferentes dele.

Enfim espero que o filme valha a pena e que o diretor passe a refletir e pesquisar mais sobre o assunto, o trailer pode ser visto neste link e se você gostou siga o blog e as redes sociais.


You Might Also Like

1 comentários

Popular Posts

Curta a fanpage

Instagram Images