[Resenha] Magia na América do Norte/Animais Fantásticos e Onde Habitam

11:05


Oi galera,como todo potterhead deve saber esse ano vamos ter o primeiro filme de Animais Fantásticos e Onde Habitam (que será uma trilogia) e aproveitando esse momento a autora,J.K Rowling publicou quatro contos sobre magia na America do Norte ( que é onde Animais Fantásticos se passará) e eu resolvi falar de cada um deles aqui.
Bem o primeiro conto se passa no século XIV até o século XVII e conta como foi o "descobrimento da América" no ponto de vista dos bruxos que ,segundo J.K Rowling, já tinham pleno conhecimento sobre a America e outros continentes bem antes dos trouxas, e ,falando em trouxas, a autora diz que cada comunidade bruxa tem um nome para não bruxos, sendo na America do Norte chamados de "No-Majs" ou "Não-Mágicos".
A autora também diz que,entre os índios norte americanos, os bruxos eram bem aceitos e vistos como xamãs que tinham o poder de cura e de caça,além de terem o dom de se transformarem em animais,ou seja uma explicação de como surgiram os animagos. E a partir dai ela explica a invenção da varinha, que foi criada na Europa, com a intenção de canalizar a magia num ponto só,sendo assim mais fácil manipula-la.
O segundo conto mostra como os europeus no-majs e bruxos começaram a se fixar na America por motivos diferentes.
Aqui conhecemos a escola de Magia e Bruxaria de Ilvermorny, que era apenas uma cabana improvisada com dois professores, o que mostrava a dificuldade inicial de estabelecimento dos bruxos na America. E tudo ficou ainda mais difícil  com o surgimento dos purgantes  que eram bruxos corruptos que inclusive participaram do julgamento de Salém ,causando a morte e vários no-majs e bruxos,a maioria inocentes, por dinheiro e isso trouxe consequências, afastando bruxos por anos do continente Americano.
Mas o efeito maior  que os purgantes causaram foi a criação do MACUSA (Magical Congress of the United States of America) que fazia leis para a comunidade bruxa, os protegendo de no-majs e descendentes de purgantes que ainda nutriam ódio por pessoas bruxas.
O terceiro conto fala sobre a lei Rappaport,que seria a lei  destinada a segregar no-majs de bruxos, tudo isso graças a uma bruxa,filha de um membro do MACUSA,  Dorcas,uma garota fútil  que se apaixonou por um no-maj descendente dos purgantes e contou todos os segredos do MACUSA,além de ter cotado tudo sobre magia e ter perdido a varinha para ele, que se aproveitou de Dorcas para fazer um "caça as bruxas", o que trouxe muitos problemas a sociedade mágica,sendo necessária a criação dessa lei. O engraçado é que posteriormente "Dorcas" virou sinônimo de burrice no mundo bruxo.
O ultimo conto fala sobre a participação dos bruxos na primeira guerra mundial e sobre a Grande Rebelião dos Sasquatches (não é explicado o que foi essa rebelião). 
Neste meio tempo, a escola de Ilvermorny que antes era apenas uma cabana, virou uma das maiores escolas de magia e bruxaria do mundo,além disso, todos os bruxos e bruxas portadores de varinhas haviam começado a registro seu porte no MACUSA para maior controle do que cada bruxo faria.
E nessa época ,para quem gosta de história, deve saber que os EUA proibiu bebidas alcoólicas por vários motivos, mas,segundo J.K Rowling os bruxos continuavam a fazer uso do álcool,com a desculpa de que já era difícil ser bruxo na America e sem "birita" como ela mesma diz,ficaria mais difícil ainda.
Bem,para ler os contos basta clicar aqui, espero que tenham gostado porque eu amei poder ler mais sobre o mundo bruxo <3.
Se você gostou Participe do Site ,siga as redes sociais e não deixe de comentar e compartilhar.

You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Curta a fanpage

Instagram Images