Resenha: A terra inteira e o céu infinito

21:47


Ruth Ozeki é uma romancista canadense, cineasta e monje budista. Ela trabalhou em comerciais de TV e produção de midia antes de começar a escrever ficcção.
Tudo começa quando Ruth, uma romancista canadense (coincidência, acho que não kk) acha na praia uma lancheira da Hello Kitty onde encontra um diário de uma garota japonesa, Nao Yasutani.
Ruth começa a ler e acompanha a história de Nao cujo o objetivo era contar sobre a vida de sua admirada avó, a monja Jiko.
A história acaba se dividindo entre real e surreal quando os destinos de Ruth e Nao acabam se juntando de certa maneira e um influência o outro.
Em toda a história que Nao conta em seu diário vários assuntos entram em questão o que faz a garota não só falar de Jiko como do bullying que sofre na escola, de seu pai depressivo e suicida e seu tio Haruki nº1. Coisas que mexem com a mente do leitor e nos faz formar muitas teorias e chegar a conclusões meio malucas.
O desfecho da história é arrepiante  pois entendemos o porque tudo que está acontecendo acontece, por exemplo, entendemos o porque o pai de Nao é depressivo, o porque Jiko se tornou Monje...e tudo isso nos deixa com uma pergunta ( ou mais de uma ) pergunta na cabeça. O que é claro não vou contar se não seria spoiler.
Pra mim esse livro foi lindo e todos os trechos que Nao falava sobre Jiko e Haruki nº1 me encatavam, devido as coisas que esses personagens falavam, a forma como pensavam. E seria mai incrível ainda se minhas teorias e conclusões fossem verdadeiras kkk. Só não recomendo para quem não gosta de uma literatura mais massante e cansativa, mas apesar disso o livro não deixa de ser interessante.


Gostou? Então inscreva-se no blog! Batsa ter uma conta no google (gmail) e clicar em "Participar deste site".

You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Curta a fanpage

Instagram Images